Novos blocos de exploração de petróleo e gás vão dinamizar economia de municípios do Sisal e da região de Alagoinhas

Mais de dez municípios baianos da região do sisal e de Alagoinhas podem ser beneficiados com a decisão da presidente Dilma Rousseff de autorizar a Agência Nacional de Petróleo (ANP) a inclusão da Bacia de Tucano e do Recôncavo no leilão para exploração e produção de petróleo e gás, que vai ocorrer em maio.

O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Planejamento do Estado, José Sérgio Gabrielli, nesta quinta-feira (24). A decisão da presidente atende a um apelo do próprio secretário, do governador Jaques Wagner e também do deputado Joseildo Ramos (PT) que ainda como prefeito de Alagoinhas lutou para a concretização daquele que pode ser o maior investimento econômico na região nas últimas décadas.

As empresas disputarão 36 blocos em solo da Bacia de Tucano Sul e 17 blocos na Bacia do Recôncavo. O investimento previsto de R$ 1 bilhão e expectativa de geração de mais de mil empregos diretos, com um impacto sem precedentes na economia dos municípios. “Além de gerar receita a partir de royalties com a produção, a exploração vai dinamizar o comércio e aumentar a renda dos trabalhadores”, comemorou Joseildo.

O deputado ressaltou ainda que a exploração vai mudar o panorama do desenvolvimento dos municípios que compõem o semiárido e sofrem com a estiagem.

A estimativa é que só com o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) sejam arrecadados R$ 25 milhões pelos municípios. O bloco que compreende a Bacia de Tucano Sul foi a leilão em 2006, mas algumas questões jurídicas travaram o resultado e fizeram a presidente Dilma cancelar o processo e autorizar um novo leilão, informou Antônio Rivas, que na época era gerente geral da Unidade de Exploração e Produção da Petrobras na Bahia e hoje é Assessor Especial da Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan).

Além de Alagoinhas, em razão da atividade comercial, as cidades de Inhambupe, Sátiro Dias, Biritinga, Olindina, Itapicuru, Nova Soure, Cipó e Araci, dentre outras, serão beneficiadas com a decisão.  Fonte: Assessoria de Imprensa 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje