Neto diz que ‘se depender’ dele MDB está fora da coligação da oposição

Após anunciar que não será mais candidato ao governo da Bahia na eleição deste ano, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), se mostrou mais confortável para falar sobre a presença do MDB na chapa da oposição.

Se antes preferia não comentar o assunto, agora deixou claro que não quer o partido na composição. Isto porque o deputado federal Lúcio Vieira Lima se recusou a sair do MDB, e é investigado pela Polícia Federal após os investigadores encontrarem R$ 51 milhões em um apartamento em Salvador ligado ao emedebista.

Em entrevista à imprensa, durante o lançamento da pré-candidatura de José Ronaldo (DEM) ao governo da Bahia neste sábado (7), Neto afirmou: “[A presença do MDB na chapa] vai depender do candidato José Ronaldo de Carvalho. Essa resposta quem deve dar é ele. A priori nós não cogitamos incluir o MDB na coligação. Se depender da minha opinião, o MDB não está incluído na coligação para o governo do Estado. Mas essa é decisão que cabe a José Ronaldo”.

 

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje