Moções de aplausos às entidades que apoiaram a cavalgada da mula Luana não estão na pauta da sessão de amanhã

As moções de aplausos à Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Secretaria de Serviços Públicos, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e a uma outra instituição, no total de cinco, por terem apoiado no dia 10 de Março a cavalgada da mula Luana, a mais famosa aniversariante  de Alagoinhas, não constam da pauta de votação da sessão de amanhã da Câmara de Vereadores.

Podem acontecer mudanças até o início da sessão, mas a tendência, em função da repercussão do caso na mídia local e em veículos de comunicação do estado, é não votar as moções de aplausos nesta terça-feira.

A aprovação das moções determinaria mais um grande desgaste à Casa, já colocada em xeque com a tentativa de votar uma moção de repúdio ao radialista Vanderley Soares e a falta de atitude contra as ofensas perpetradas pela secretária de Infraestrutura e Planejamento Urbano, Sonia Fontes, e dirigidas a três componentes da Casa.

Melhor o vereador Jorge da Farinha esquecer a mula Luana, tratar de coisas mais importantes e urgentes para Alagoinhas na condição de líder do governo na Câmara de Vereadores.

As informações para elaboração desta matéria foram repassadas ao Alagoinhas Hoje por um funcionário do legislativo municipal.

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje