Maioria dos cursos será gratuita, afirma gerente do SENAI – Exclusiva

Em entrevista  exclusiva concedida ao Alagoinhas Hoje, Edmundo Stiebler Franco Neto, gerente de Negócios da Unidade I do SENAI, afirmou que a unidade de Alagoinhas será autônoma, não estará vinculada a Feira de Santana e atenderá às demandas da microrregião (Catu, Pojuca, Inhambupe, Entre Rios, Esplanada, dentre outras cidades que de certa forma têm Alagoinhas como prestadora de diversos serviços).

Edmundo disse que a maioria dos cursos será gratuita, mas que profissionais já atuando no mercado terão a oportunidade de frequentar cursos pagos, no turno noturno, visando qualificar suas atividades.

As três grandes áreas ofertadas pelo SENAI de Alagoinhas são as seguintes: aprendizagem industrial, qualificação profissional e cursos técnicos.

Na primeira área, estão inseridos cursos vinculados à lei do aprendiz, que terá alunos entre 14 e 23 anos e 11 meses, nas áreas de eletricidade, mecânica, almoxarife, pedreiro de alvenaria, assistente de produção e agente de inspeção de qualidade, com aulas teóricas e práticas na unidade do SENAI, como também nas empresas. As aulas começarão em 7 de Outubro e terminarão na primeira quinzena de Dezembro

Com 300 horas de carga horária, o bloco de qualificação profissional terá cursos de eletricidade, informática, segurança do trabalho, meio ambiente, construção civil, mecânica, equipamentos móveis (empilhadeiras, pontes volantes).

Os cursos técnicos, a serem implantados em 2014, com carga horária de 1.200 horas, proporcionarão aos alunos formação profissional reconhecida pelo Ministério da Educação e bastante demandada pelo mercado. Nesta área, serão oferecidos os seguintes cursos: mecânica, refrigeração e climatização, petróleo e gás, logística, eletromecânica, eletrotécnica, rede de computadores e segurança do trabalho.

Questionado em relação à situação dos professores do CEPA, o gerente afirmou que a grande maioria será aproveitada, inclusive com investimentos em qualificação profissional para atender às demandas da nova instituição que possui seus critérios pedagógicos.

De acordo com Edmundo, a FIEB considera Alagoinhas como uma cidade extremamente promissora na área de formação profissional, em função de sua industrialização. “O SENAI será parceiro da cidade e das indústrias que já estão instaladas ou em processo de construção de suas unidades”, salientou.

O convênio entre a Prefeitura de Alagoinhas e a FIEB/SENAI será assinado hoje, às 15 horas, no Salão Verde.

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje