Lucro do Bradesco cresce e chega a R$ 22,6 bilhões em 2019

O Bradesco teve lucro líquido contábil de R$ 22,582 bilhões no ano de 2019 e de R$ 4,883 bilhões no 4º trimestre de 2019, segundo o portal G1.
Em relação ao ano de 2018 (R$ 19,085 bilhões), o lucro subiu 18,32%. Já em comparação ao 3º trimestre de 2019 (R$ 5,837 bilhões), a queda foi de 16,34%, e em relação ao mesmo período de 2018 (R$ 5,080 bilhões), caiu 3,87%.

O banco teve um lucro líquido recorrente (que desconsidera efeitos extraordinários) de R$ 25,887 bilhões em 2019 e de R$ 6,645 bilhões no 4º trimestre – 20,04% maior em relação ao ano de 2018, 1,6% maior em relação ao 3º trimestre e 14% mais alto em relação ao mesmo trimestre de 2018.

O Bradesco apresentou crescimento de 13,8% na carteira de crédito expandida em 2019, de R$ 531,6 bilhões para R$ 604,9 bilhões. A expansão veio do segmento de pessoas físicas, que subiu 19,2% em um ano, somando R$ 232,2 bilhões.

As despesas com provisões para perdas com inadimplência (PDD) somaram R$ 14,408 bilhões em 2019, queda de 2,4% em relação a 2018 (R$ 14,755 bilhões). Já no quarto trimestre, o montante foi de R$ 3,981 bilhões, alta de 19,3% em relação ao 3º trimestre e de 5,2% em comparação ao mesmo período de 2018.

 

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje