Justiça determina prazo de cinco dias para Garotinho colocar tornozeleira eletrônica

Brasília – Anthony Garotinho, acompanhado de sua esposa, Rosinha, esteve na Câmara esta tarde. (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho deverá comparecer à Superintendência Geral de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen) para a colocação de tornozeleira eletrônica, determinou o juiz Leonardo Cajueiro, da 2ª Vara Criminal de Campos dos Goytacazes.

O prazo estipulado na decisão, assinada na última quarta-feira (19), é de cinco dias úteis, de acordo com o G1.

O monitoramento eletrônico foi estabelecido na última sexta-feira (14), quando o ex-governador e sua esposa, a também ex-governadora Rosinha Garotinho (Patriota), tiveram R$ 18 milhões bloqueados.

O processo é um desdobramento da Operação Chequinho, que apurou um esquema de compra de votos em Campos durante a eleição municipal de 2016.

Conforme a investigação, as irregularidades teriam relação com o programa social Cheque Cidadão.

 

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje