Inadimplência em agosto é a menor para o mês desde 2004, diz Serasa

A inadimplência no país continua perdendo fôlego. Segundo a Serasa Experian, em agosto, na comparação com o mês anterior, o índice de calotes registrou queda de 5,5%. É o terceiro recuo mensal consecutivo e a menor variação para um mês de agosto desde 2004.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a queda chega a 10%. No acumulado de janeiro a agosto de 2013, o índice desacelerou e apresentou alta de 2,2%.

“A queda da inadimplência do consumidor em agosto, a exemplo do que ocorreu também nos meses anteriores (julho e junho), decorre de um posicionamento mais cauteloso do consumidor face à aquisição de novas dívidas/financiamentos, tendo em vista o aumento dos juros e as incertezas do cenário econômico trazidas pela alta do dólar”, disseram os economistas da Serasa Experian em nota.

Além disso, a companhia também cita maior interesse dos consumidores pela renegociação das dívidas em atraso.

A inadimplência com os bancos teve um recuo de 5,4%. As dívidas não bancárias (junto aos cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água etc.) e os cheques sem fundos também tiveram queda de 4,4% e 13,4%, respectivamente.

Já os títulos protestados cresceram 2,1%.

Fonte: UOL

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje