Governo Paulo Cezar: Fábrica privada de manilhas funcionava na usina da Prefeitura de Alagoinhas

A antiga usina da Prefeitura de Alagoinhas, na avenida Paulo Afonso, abrigou no governo cezista uma fábrica privada de manilhas que mantinha negócios com o poder público municipal.

A fábrica de manilhas utilizava energia elétrica da usina, paga pelos contribuintes alagoinhenses, e vendia as manilhas para a prefeitura.

Não se sabe se outros insumos foram utilizados na fabricação das manilhas, a exemplo de areia e cimento.

O prefeito Joaquim Neto afirmou ao editor do Alagoinhas Hoje, em entrevista exclusiva, na manhã desta terça-feira, que determinou ao secretário de Infraestrutura, André Luis de Carvalho, a retirada da fábrica do espaço público.

“A situação não tem cabimento, é esdrúxula, fere o princípio da moralidade, e até o final deste mês os equipamentos não estarão mais na usina”, disse.

Ele informou que foi procurado pelo dono da fábrica, mas rechaçou qualquer possibilidade de manutenção dos equipamentos na usina.

Fotos: Roberto Fonseca

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje