Governo municipal atua para retirar o conteúdo local da pauta de reivindicações do Grupo Vem Pra Rua Alagoinhas – Exclusiva

A administração municipal desde ontem está implementando articulações para retirar o conteúdo local da manifestação do Grupo Vem Pra Rua Alagoinhas, argumentando que o movimento deve ter caráter nacional.

Ontem, o subsecretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Fernando Aranha, e secretário de Cultura, Esporte e Lazer (SECEL), André Nunes, estiveram na reunião do grupo que aconteceu na Biblioteca Municipal Maria Feijó, sede da SECEL.

Hoje pela manhã, Aranha ligou para um dos líderes do movimento na tentativa de convencê-lo a retirar da pauta reivindicatória as questões locais, a exemplo do corte das árvores, do projeto binário,dos  investimentos na saúde e educação do município, e a falta de transparência da administração do prefeito Paulo Cezar.

Mais uma vez, a principal argumentação foi o caráter nacional do movimento.

O governo aceita (sic) como pauta apenas a questão da tarifa dos ônibus urbanos.

Especialista em manobras diversionistas, o governo municipal apresenta um discurso público de concordância com o movimento, a exemplo do que disse o chefe de Gabinete, Sidney Costa, ao Alagoinhas Hoje na manhã desta quarta-feira, mas nos bastidores age fortemente para retirar da pauta o conteúdo local, ou seja, as críticas que serão dirigidas a ele.

O governo odeia críticas. Só gosta de elogios. Mas deveria reconhecer que ninguém é dono das manifestações. E que a vontade do povo dever ser maior que os desejos governamentais.

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje