Governo e CPX assinam protocolo para instalação de fábrica em Lajedinho

O Governo do Estado e o Grupo CPX assinam, nesta terça-feira (11), às 10h, na Governadoria, em Salvador, protocolo de intenções para instalação de uma unidade industrial em Lajedinho, a 355 quilômetros da capital da Bahia, na região de Itaberaba, para a produção de calcário britado e moído e argila em estado natural.
O Grupo CPX atua no setor de cimento e a CPX Baiana Mineração e Participações S/A é a empresa deste grupo responsável pela implantação do projeto em Lajedinho, no semiárido. O projeto consiste de uma indústria integrada de mineração, fabricação e comercialização de cimento a ser instalada próximo às jazidas da empresa em Lajedinho. O investimento será de R$ 450 milhões (totalmente nacional), com capacidade de produção de 800 mil toneladas/ano, faturamento R$ 300 milhões e potencial para duplicação já previsto no projeto inicial. Serão gerados mil empregos durante a construção civil (2013 a 2015) e 200 durante a operação do empreendimento.
Também participam da solenidade o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, o presidente da CPX, Rodrigo Lara, os secretários de Indústria e Comércio, James Correia, e da Fazenda, Luiz Alberto Petitinga.

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje