Gincanas marcam o Dia do Estudante nas escolas estaduais

aula-de-danoa

Para co­me­morar o Dia do Es­tu­dante, ce­le­brado nesta quinta-feira (11), os co­lé­gios da rede es­ta­dual de en­sino da ca­pital e in­te­rior estão pro­mo­vendo ati­vi­dades como gin­canas e apre­sen­ta­ções dos pro­jetos de arte e cul­tura de­sen­vol­vidos pelos es­tu­dantes. Muitas das ações pe­da­gó­gicas pros­se­guem até sexta (12) en­vol­vendo a par­ti­ci­pação das fa­mí­lias.

Em Sal­vador, os es­tu­dantes do Co­légio Es­ta­dual Alípio França par­ti­ci­param, na manhã desta quarta-feira (10), na área aberta da es­cola, de uma aula de dança com o foco no Jazz, mi­nis­trada por três ex-es­tu­dantes da rede es­ta­dual e co­reó­grafos. A partir das 18h, os es­tu­dantes serão le­vados para o Te­atro Gre­gório de Mattos, onde as­sis­tirão ao es­pe­tá­culo te­a­tral “Curral Grande”, que trata sobre a se­gre­gação nas raízes his­tó­ricas e so­ci­o­po­lí­ticas do Brasil. A ati­vi­dade, que será se­guida de de­bate sobre o tema abor­dado, é uma par­ceria com o Pro­jeto Tra­balho, Jus­tiça e Ci­da­dania (TJC), da As­so­ci­ação dos Ma­gis­trados da Jus­tiça do Tra­balho 5ª Re­gião – Bahia (AMATRA-5).
Já os es­tu­dantes do Co­légio Es­ta­dual Luiz Fe­lipe Fer­nando Ma­cedo Costa, também de Sal­vador, con­tarão com uma pro­gra­mação mu­sical, às 13h, na uni­dade es­colar. A con­fra­ter­ni­zação terá a pre­sença do rapper Dexter.
No in­te­rior – No Co­légio De­mo­crá­tico Es­ta­dual Anísio Tei­xeira, lo­ca­li­zado em Po­ti­raguá (586 km de Sal­vador), a data será mar­cada pela Gin­cana Es­colar, nestas quarta e quinta-feira (10 e 11). Com o tema “Pro­ta­go­nismo Ju­venil – Novo tempo de en­tender o mundo”, os alunos vão re­a­lizar provas com in­ter­ven­ções ar­tís­ticas, como te­atro, dança e mú­sica, além da con­fecção de brin­quedos e mural ilus­tra­tivo.
A pro­fes­sora e or­ga­ni­za­dora da Gin­cana, Isis Thame, des­taca o ob­je­tivo do evento. “A ideia é pro­mover a in­te­gração e so­ci­a­li­zação entre os alunos, cons­ci­en­tizar para a pre­ser­vação do pa­trimônio da es­cola, do acervo di­dá­tico, alertar e pre­venir contra o uso de drogas, além de co­nhe­ci­mentos de novas cul­turas,” conta.
O es­tu­dante Breno de Souza, 16 anos, que in­tegra a equipe “Sa­bo­tagem” fala sobre os de­sa­fios da gin­cana. “Es­tamos nos or­ga­ni­zando em grupos para dar conta do tra­balho. Entre as provas, vamos apre­sentar a his­tória do cantor Tim Maia, res­sal­tando sua im­por­tância para a mú­sica po­pular bra­si­leira. Também vamos con­fec­ci­onar uma pipa que deve ser feita na hora, por isso temos que estar afi­ados”, ex­plica. Já a es­tu­dante Ro­berta Lima, 14, in­te­grante da equipe “Ô, Be­leza!” res­salta a im­por­tância do evento na es­cola. “Esses tra­ba­lhos tem um fator muito legal de in­te­gração entre os alunos. Nós saímos da sala de aula para pro­duzir ou­tros co­nhe­ci­mentos. Com cer­teza isso une muito a es­cola”, con­clui.
O Co­légio Es­ta­dual José Palles So­brinho, no mu­ni­cípio de En­cru­zi­lhada (616 km da ca­pital), ini­ciou na noite desta terça-feira (9), a V Gin­cana Cul­tural do CEJPS. Além das ta­refas da gin­cana, ao longo da se­mana também serão re­a­li­zadas as se­le­tivas na es­cola dos pro­jetos de arte e cul­tura como o Fes­tival da Canção Es­tu­dantil (Face), Tempos de Arte Li­te­rária (TAL), Artes Vi­suais Es­tu­dantis (AVE), Edu­cação Pa­tri­mo­nial e Ar­tís­tica (EPA), Pro­dução de Ví­deos Es­tu­dantis (Prove), Fes­tival da Canção Es­tu­dantil (Face), Fes­tival Es­tu­dantil de Te­atro (Feste) e Dança Es­tu­dantil (Dance).
De acordo com a di­re­tora Márcia Fá­tima Bar­bosa, as ati­vi­dades pro­movem uma maior in­te­ração entre os es­tu­dantes e a co­mu­ni­dade es­colar. “Para cum­prirem as ta­refas pe­didas na gin­cana eles exe­cutam tra­ba­lhos de pes­quisa que con­tri­buem para o apren­di­zado deles, pois, me­lhoram suas per­for­mances em sala de aula, in­clu­sive a dis­ci­plina”, diz a ges­tora.
A es­tu­dante Ane ka­ro­line Vi­eira, 19 anos, do 3° ano, conta que está ani­mada para a pro­gra­mação. “Já fi­zemos uma ta­refa prévia onde aju­damos a re­vi­ta­lizar todo o jardim do co­légio e ficou muito bo­nito. Estou an­siosa para apre­sentar meu álbum do EPA sobre ex-pro­fes­sores do co­légio, re­citar um poema de uma co­lega para o TAL e exe­cutar as ta­refas dos pró­ximos dias”, re­vela a in­te­grante da equipe “Win­ners”.
Fonte: Ascom SEC

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje