Feirão da Caixa termina hoje com 70% dos imóveis de dois cômodos

Compactos, sim. Confortáveis, também. Com cada vez menos terrenos disponíveis para a construção e necessidade do mercado de vender imóveis com preços mais acessíveis,  os apartamentos de dois quartos são a principal tendência do mercado imobiliário. Prova disso é a 11ª edição Feirão Caixa da Casa Própria, que termina, hoje, em Salvador.

Os espaços de lazer incluem piscina de adulto e criança com deck molhado, salão de festa, sala de jogos, brinquedoteca, quadra, playground coberto, parque infantil, além de churrasqueira e academia. A empresa também oferece o  Mar de Itapuã, em construção, com  área de 58m², 2 quartos, 1 suíte, living, 1 ou 2 vagas. O espaço de lazer dispõe de piscina, quadra poliesportiva, brinquedoteca, salão de jogos e fitness. Dos 5,1 mil  imóveis novos que foram colocados à venda no Parque de Exposições  desde sexta-feira (12), 70% são unidades com dois quartos, de acordo com o levantamento da Caixa Econômica Federal.

O casal Lucas Ribeiro e Augusto Gomes estão se planejando para viver juntos e  decidiram procurar no feirão justamente um imóvel compacto. “Temos a ideia de nos mudar já em setembro e como temos poucos móveis e a grana está curta também vamos focar na busca por unidades de dois quartos”, conta Ribeiro, que se encantou por um residencial que oferecia nas áreas comuns academia, sala de jogos e espaço infantil. “Já estamos planejando adotar um bebê em breve e é bom já ter o espaço para ele na nossa casa nova”, completa Augusto.

O casal não é o único de olho nos itens agregados nos empreendimentos de dois quartos. Foi isso também que chamou atenção do empresário Alberto Farias, que também busca no feirão o apartamento dos sonhos para investimento. “Tenho um dinheiro guardado e quero comprar um de dois quartos e no futuro vender e comprar um outro maior”, argumentou.

Econômicos

A quantidade de unidades com este perfil, de acordo com o superintendente regional da Caixa, Luiz Antonio de Souza, pode ser explicada pelo foco em imóveis econômicos, visando atender, sobretudo, o financiamento de habitação popular do programa Minha Casa Minha Vida.

“Queremos que as famílias recém-formadas ou de menor renda possam realizar o sonho da casa própria. Desta forma, imóveis com dois quartos fazem com que tenhamos uma facilitação de preço, com melhor custo-benefício”, assegura. Segundo ele, cerca de 70% das unidades disponíveis nesta edição do Feirão da Caixa se encaixam neste perfil. “Quanto maior o número de quartos, maior a quantidade de metros quadrados e, consequentemente, mais caros são os apartamentos”, complementa.

Para o presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi), Luciano Muricy Fontes, a procura por imóveis do segmento econômico faz com que o mercado imobiliário baiano dê uma atenção especial a estas unidades. “Os imóveis com perfil econômico continuam operando com uma performance satisfatória, mesmo em um período de crise. As taxas continuam as mesmas e não há dificuldades maiores na aprovação de crédito”, garante.

Segundo ele, apesar da procura por imóveis, em geral, ter caído, as unidades de dois quartos registraram um aumento de vendas. “Estes imóveis cabem no bolso do consumidor. Famílias que acabaram de se constituir, ou jovens  ainda em início de carreira conseguem garantir a casa própria com melhores condições”.

Ofertas

Hoje, o feirão funciona das 10h às 18h   com entrada gratuita. Nesta edição serão comercializados mais de 5 mil imóveis novos, com preços de R$ 111 mil a  R$ 1,2 milhão. Já as 7 mil unidades de imóveis usados terão preço entre R$ 80 mil e R$ 1,5 milhão de acordo com a Caixa Econômica Federal.

Nesta edição, o foco da Caixa é o  financiamento de habitação popular do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) e das demais operações com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), cujo teto máximo é de R$190 mil.

Além disso, o evento terá um stand da Caixa, com disponibilidade para fazer simulações e vender consórcios. Quem contratar uma cota do consórcio terá desconto de 1% na taxa de administração. É possível contratar cartas de crédito de R$ 70 mil a R$ 700 mil, com prazos de 120 a 200 meses.

Oportunidade
Uma das empresas que participa do feirão com foco nos empreendimentos de dois quatros é a  Moura Dubeux, que por exemplo, comercializa seu novo produto, o Singullare Iguatemi que tem unidades  de 2 quartos com suíte e varanda, de 53m², e  será construído no Parque Bela Vista, próximo à região do Iguatemi.

A incorporadora PDG, por sua vez, oferecerá descontos de até 28% nas unidades  entre os bairros de Piatã, Brotas e Lauro de Freitas com preço a partir de R$166 mil, incluindo residenciais de 2 quatros.

“O evento é uma grande oportunidade para o consumidor adquirir um imóvel com economia e comodidade. Serão ofertados empreendimentos de todos os tipos, 1, 2 e 3 quartos, e preços, em um só lugar durante o final de semana. Temos expectativas de bons negócios neste período”, declarou o diretor regional, Rodrigo Alves.

Brindes

As empresas durante o feirão estão oferecendo brindes e descontos para os clientes.  A Via Célere, por exemplo oferecerá isenção do imposto ITIV e custas cartoriais para os cliente que comprar unidades no empreendimento Meu Apê Salvador Norte. A Liz Construções oferecerá no feirão o  Morada Flor de Liz, empreendimento em construção na Rua Jaguaquara, Pernambués, próximo ao Detran.

Aos clientes que fecharem a compra durante o evento, a incorporadora está oferecendo o ITIV grátis. A Sertenge  oferecerá a quem comprar um imóvel no  Volare Imbuí  armários para a casa. Já a Queiroz Galvão vai dar um carro zero para quem comprar um apartamento.

Para quem vai comprar a casa através do financiamento pelo FGTS a taxa de juros varia entre 4,5% ao ano e 7,6%. Se for pelo Minha Casa, Minha Vida a taxa de juros varia de 4,5% ao ano à 6,66% e se for pelo SBPE  – com recursos da poupança – os juros variam de 8,64% ao ano à 10,48% ao ano. Para requerer o crédito no Feirão, basta levar documento de identidade, CPF e comprovante de renda. Os interessados também podem obter informações em todas as agências do banco  ou pelo telefone 0800 726 0101.

Caixa oferece imóveis desocupados a partir de R$ 90 mil

No Feirão, a Caixa também está disponibilizando  para venda 12  imóveis desocupados. Ou seja, que não estão relacionados a nenhum leilão. Serão 12 unidades em venda direta, com valor médio de R$ 90.3 mil localizadas em Salvador, Dias D’Ávila, Lauro de Freitas, Camaçari e Feira de Santana.

Haverá, ainda, suporte de empregados da Caixa para quem se interessar pelos imóveis ocupados, os  quais podem ser consultados no site do banco – www.caixa.gov.br. Mais informações podem ser obtidas na Gerência de Alienação da Caixa m Salvador, localizada na Avenida Tancredo Neves, nº 1.672, Edifício Catabas Empresarial, Salas 001 e 002, Caminho das Árvores. Após o feirão, o atendimento aos clientes é realizado  pelo banco de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

Fonte: Correio 24h

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje