Feira expõe projetos de iniciação científica de escolas baianas

Projetos de iniciação científica desenvolvidos por estudantes da rede estadual de ensino estão em exposição na 8ª edição da Feira de Ciência, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (Feciba), promovida até quinta-feira (12), no Centro Pan-americano de Judô, em Lauro de Freitas. Com apresentações culturais, a abertura oficial do evento reuniu estudantes, professores e gestores na tarde desta terça-feira (10).
“A gente consegue enxergar aqui toda a Bahia. Os municípios grandes, os médios, os pequenos, as escolas de maior porte, de médio, todo mundo envolvido. Nós chegamos ao oitavo encontro com a quantidade de 200 projetos de muita qualidade”, declarou o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues. Os projetos são resultado de experiências dos alunos do Ensino Médio nas áreas de ciências exatas, biológicas, humanas, empreendedorismo, energia e sustentabilidade.
Um dos projetos foi desenvolvido por estudantes do Colégio Estadual John Kennedy, de Nova Viçosa, que plantaram uma horta em uma área não aproveitada do terreno da escola. O plantio se juntou ao aprendizado da Tabela Periódica e ganhou reforço de um aplicativo móvel de realidade ampliada, facilitando o entendimento da matéria. Para completar, os alimentos plantados são aproveitados no preparo da merenda escolar.
“Nós pegamos todo o conteúdo de química, analisando os elementos e para que servem, se estão no solo, na hortaliça, na água, no ar, e fundamentamos isso tudo para eles terem essa iniciativa. É também uma forma de incentivar outras escolas que não têm a horta”, contou a professora de química Ana Claudia Sousa.
Alguns projetos prometem ser levados adiante. De Jaguaquara, alunos do Centro Estadual de Educação profissional (Ceep) em Alimentos e Recursos Humanos Pio XII trouxeram o protótipo de uma bicicleta adaptada que produz energia elétrica a partir das pedaladas.
“Usamos um motor de para-brisa para fazer essa transformação de energia mecânica para energia elétrica. Pretendemos, futuramente, investir para que os donos de academia [de ginástica] se interessem por esse projeto”, afirmou um dos alunos autores da ideia, Lázaro Santos, que cursa o 2º ano do Ensino Médio.
Fonte: Secretaria de Comunicação – Governo da Bahia – Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje