Familiares de pacientes vão ingressar no Ministério Público com ações contra o Hospital Dantas Bião

Familiares de pacientes internatos no Hospital Dantas Bião, administrado pelo Monte Tabor, o mesmo do Hospital São Rafael, ouviram de uma funcionária, supostamente uma enfermeira, que a falta de neurologista/neurocirurgião teria como causa o não reajuste dos valores do contrato.

Segundo a pessoa que ouviu a “explicação”, a justificativa da funcionária seria o longo prazo, provavelmente seis anos, de manutenção dos valores pagos ao Monte Tabor. O estado não teria reajustado a remuneração fixada em contrato, mesmo com os custos fixos tendo aumentado muito nos últimos anos – salários, energia, material usado no dia a dia.

Já existe a intenção de familiares de pacientes em ingressar no Ministério Público com denúncia contra a instituição que administra o hospital e o governo do estado pelo não cumprimento do contrato, que prevê a existência de neurologista/neurologista nos quadros funcionais do Dantas Bião.

Maurílio Fontes

Editor do Alagoinhas Hoje

Exclusiva

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje