Ex-presidente do BNDES pedia doação para o PT, diz empreiteiro

Dono-da-UTC-e-delator-Ricardo-Pessoa-Foto-divulgação

O empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC, disse aos procuradores da Operação Lava Jato que o ex-presidente do  Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Luciano Coutinho pediu a ele que procurasse o então tesoureiro da campanha da presidente afastada Dilma Rousseff à reeleição, Edinho Silva, para fazer doações. Conforme Pessoa, que depôs no mês passado, a conversa aconteceu quando Coutinho era presidente do BNDES, em 2014. A orientação foi uma recomendação de Coutinho em uma reunião com executivos da UTC na sede do BNDES em São Paulo.

Ao final de uma reunião, segundo o depoimento de Pessoa, o então presidente do BNDES pediu para que os executivos que estavam no local saíssem da sala e que permanecesse apenas os sócios da UTC e, a sós com o grupo, teria dito que a partir daquele momento deveriam procurar Edinho para tratar de doações para a campanha da presidente Dilma de 2014.

Para os investigadores, o depoimento do dono da UTC é um indicativo de que Coutinho obtinha o compromisso de doações eleitorais entre empresários que tinham financiamentos junto ao BNDES.

Edinho se tornou se tornou ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência depois da reeleição de Dilma.

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje