Estudantes da rede municipal ganham certificado em programa contra drogas

Seiscentos e trinta e cinco alunos, de 14 escolas, da rede municipal de Educação, receberam na tarde desta quinta-feira, 10, no Ginásio de Esportes Antônio Carlos Magalhães, certificados de conclusão do Proerd – Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência-, desenvolvido pela Polícia Militar em parceria com escolas públicas e particulares. Presente ao evento, o prefeito Paulo Cezar comentou que “as drogas devem ser combatidas, não somente com a repressão, mas também pela educação. É importante mostrar aos jovens o mal que as drogas fazem, destruindo vidas”.

O secretário de Educação Caio Castro garantiu que o programa “é um esforço importante para a educação em todas as cidades, e vamos tentar ampliar esse programa no próximo ano nos dois semestres”. O Proerd foi introduzido na rede de ensino de Alagoinhas em 2008. Na entrega dos certificados, os alunos entregaram uma redação sobre o tema que será avaliada  posteriormente. O aluno da melhor redação ganhará uma bicicleta, os segundo e terceiro colocados receberão celulares.

Participaram do evento, o tenente-coronel Neves, o tenente Mendes, o padre Fred, os secretários Caio Castro e Sônia Fontes (Infraestrutura), a subsecretária Lúcia Almeida (Educação), o comandante do 4º BPM Costa Ferreira, professores, pedagogos e coordenadores da Secretaria da Educação, pais e mães dos alunos.

Para a professora Marilda Moreira, da Escola Tancredo Neves, “o programa contribui para que os jovens tenham coragem de dizer não às drogas”. Para Iza Pereira, mãe do aluno Bruno Pereira, de 11 anos, da Escola Jardim Petrolar, “meu filho se desenvolveu muito, sabendo a respeito dos males que causam as drogas e no retorno para casa sempre dar uma aula sobre o assunto a todos da família”. Camila Regina, 11 anos, também da Escola Jardim Petrolar considera o Proerd “muito importante porque aprendemos que droga não é útil, mas algo que só faz destruir as pessoas”.

Proerd

A Polícia Militar desenvolve, na rede de ensino da Bahia, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), que oferece atividades educacionais voltadas à prevenção ao uso de drogas e à violência nas instituições de ensino.

Policiais são capacitados para desenvolver atividades lúdicas em sala de aula entre os estudantes. Em Alagoinhas o programa foi desenvolvido em 10 semanas com uma aula semanal em cada escola.

O Proerd é a versão brasileira do programa DARE (Drug Abuse Resistence Education), implantado inicialmente nos Estados Unidos e, atualmente, desenvolvido em mais de quarenta países conveniados. A iniciativa é considerada pela ONU como um dos maiores programas de prevenção as drogas e a violência do mundo.

No Brasil, o programa teve início em 1992 e já foi implantado em 20 estados da Federação. O Proerd visa, sobretudo, estabelecer uma relação de confiança entre o policial militar e o cidadão.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje