Empresas investigadas por cartel têm R$ 826 mi em contratos

Empresas investigadas pela formação de cartel em licitações públicas de trens em São Paulo e no Distrito Federal teriam R$ 826 milhões em contratos com estatais, de acordo com reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal Folha de S. Paulo.

Segundo o jornal, cinco empresas que são alvo das investigações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) já teriam recebido R$ 401 milhões (em valores atualizados) do governo para o fornecimento de trens e equipamentos ferroviários. As empresas Alstom e CAF ainda teriam mais R$ 425 milhões a receber por contratos recentes.

O esquema envolvendo multinacionais nas contratações de equipamentos para trens e metrôs foi revelado para autoridades brasileiras pela alemã Siemens, que apontou também o envolvimento das concorrentess Alstom (França), Bombardier (Canadá), Mitsui (Japão) e CAF (Espanha).

Nesta terça-feira, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou que vai processar a Siemens “pela lesão aos cofres públicos” e pedirá ressarcimento pelos valores pagos a mais devido ao superfaturamento de preços.

Fonte: Exame

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje