Empresa anunciou instalação em Alagoinhas, recuou e transferiu o terreno onde seria construída a fábrica para “seu nome”

Que a especulação imobiliária em Alagoinhas é fato ninguém contesta. Circulam boatos que informações privilegiadas são usadas para se ganhar dinheiro.

Mas algo inédito, segundo uma fonte informou ao Alagoinhas Hoje, pode estar acontecendo: uma empresa anunciou a instalação de unidade no município e a administração municipal fez o estardalhaço costumeiro.

A Câmara de Vereadores aprovou a doação de terreno de dez mil metros quadrados, cujo valor pode chegar a R$500 mil.

De acordo com a fonte, e aí está o nó da questão, a empresa desistiu da implantação da fábrica, mas transferiu o terreno para sua propriedade e passou a ser “dona” de um patrimônio público bastante valorizado em função da conhecida especulação imobiliária que Alagoinhas experimenta nestes tempos de industrialização.

A fonte garantiu ao editor do Alagoinhas Hoje que a transferência do terreno para o patrimônio da empresa foi confirmada por um importante assessor do prefeito Paulo Cezar.

A transferência só deveria se dar com o início das operações da fábrica e a garantia de seu funcionamento por no mínimo dez anos para assim salvaguardar o patrimônio do povo de Alagoinhas.

Quem vai arcar com os prejuízos ao erário?

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje