Em protesto contra venda dos campos terrestres da Petrobras, sindicatos e movimentos sociais fecharão rodovias federais em cinco estados – Exclusiva

CAMPO TERRESTRE 1

A manhã desta terça-feira (26), a partir das 5 horas, será tumultuada em trechos das estradas federais no Espírito Santo, Bahia, Sergipe, Rio Grande do Norte e Ceará.

Em protestos contra a venda dos campos terrestres da Petrobras, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Sindicato dos Petroleiros, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Federação Única dos Petroleiros (FUP), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e representantes de movimentos sociais fecharão a BR- 101 no Espírito Santo, Bahia e Sergipe e a BR-304 no Rio Grande do Norte e Ceará.

No Espírito Santo, o protesto e o fechamento da BR-101 serão realizados no município de São Mateus. Na Bahia, o local escolhido foi Esplanada, nas proximidades do entroncamento de Acajutiba. A cidade de Laranjeiras, em Sergipe, também na BR-101, será palco do fechamento da rodovia e da manifestação contra a venda dos campos terrestres de petróleo. 

Em Mossoró (RN), o tráfego na BR-304 começará a ser interrompido a partir das 5 horas da manhã. Os manifestantes estimam liberar a estrada no início da tarde.

No estado do Ceará, o protesto e o fechamento da BR-304 serão feitos na cidade de Icapuí.

Alagoinhas

Na região, a manifestação e o fechamento da BR-101 acontecerão a 82 km de Alagoinhas e contarão com participação de trabalhadores do município, de Entre Rios, Cardeal da Silva e Esplanada.

A Associação dos Trabalhadores de Buracica também terá representantes no protesto contra a venda dos campos terrestres da Petrobras. 

Foto: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje