Dólar opera em queda após atingir nova mínima em 1 ano

dolar-dolar-em-queda

O dólar operava em queda na tarde desta sexta-feira (5), após ater atingido mais cedo novas mínimas em 1 ano frente ao real. Investidores analisavam a criação de vagas no mercado de trabalho norte-americano que podem levar a ajustes nas apostas sobre alta de juros pelo Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos.

Às 12h39, a moeda norte-americana caía 0,275%, vendida a R$ 3,1857. Na mínima da sessão, segundo a Reuters, atingiu R$ 3,16, menor nível intradia desde 17 de julho de 2015 (R$ 3,1520). Veja a cotação do dólar hoje.

A mudança de movimento ocorreu, segundo a reuters, após os preços do petróleo firmarem a queda, limitando a demanda por ativos de risco. Operadores citavam ainda fluxos de ingresso de recursos ao Brasil, que já haviam contribuído para levar o dólar abaixo de R$ 3,20 na sessão passada.

Acompanhe a cotação ao longo do dia:
Às 9h09, queda de 0,51%, a R$ 3,1781
Às 10h19, queda de 0,61%, a R$ 3,175
Às 11h29, queda de 0,207%, a R$ 3,1879
Às 11h49, alta de 0,113%, a R$ 3,1981
Às 11h59, queda de 0,103%, a R$ 3,1912

Cenário externo e local

A criação de vagas fora do setor agrícola nos EUA somou 255 mil no mês passado, acima das expectativas.

“(Os números) não são suficientes para mudar a avaliação de que os juros nos EUA só subirão, no mínimo, em dezembro”, disse à Reuters o economista da 4Cast Pedro Tuesta.

Após a divulgação dos números, investidores elevaram suas apostas no mercado de juros futuros norte-americanos em aumento da taxa de juros neste ano, mas continuaram sendo minoritárias. A demora para retomar o aperto monetário tende a ajudar ativos que oferecem rendimentos elevados, como aqueles denominados em reais.

No cenário local, operadores citavam fluxos de ingresso de recursos como um dos motivos por trás da queda da moeda norte-americana, como na véspera. Diversas grandes empresas vêm angariando recursos nos mercados externos.

Atuação do BC
Nesta manhã, o Banco Central vendeu novamente 10 mil swaps reversos, que equivalem a compra futura de dólares. O BC vem realizando essa operação praticamente todos os dias, mas mudou o horário do leilão desta sexta-feira.

Último pregão
Na véspera, o dólar caiu 1,43% em relação ao real, cotado a R$ 3,1945 na venda. Foi o menor valor de fechamento desde o dia 21 de julho do ano passado, quando a moeda terminou o dia cotada a R$ 3,1732. Na mínima do dia, o dólar chegou a R$ 3,1991 nesta quinta.

Fonte: G1

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje