Dia da Mulher será marcado por manifestações contra Jair Bolsonaro

O Dia Internacional da Mulher, celebrado em todo dia 8 de março, será marcado por manifestações contrárias ao governo do presidente do Jair Bolsonaro (sem partido).

O Coletivo Juntas, de mulheres contra Bolsonaro, fará ato de repúdio ao insulto de conotação sexual que o chefe do Palácio do Planalto fez contra a repórter da Folha de S.Paulo, Patrícia Campos Mello. Com informações da coluna Painel, da Folha.

 

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje