Corregedoria Nacional de Justiça: desembargador auxilia na elaboração do relatório de gestão

relatorio_gestao_cnj_090816

O desembargador José Olegário Monção Caldas participou, nesta segunda-feira (8), em Brasília, de reunião com a corregedora Nacional de Justiça, ministra Nancy Andrigh, para avaliar os trabalhos realizados na gestão da Corregedoria no biênio 2014/2016.

Participaram do encontro, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), desembargadores que auxiliaram a ministra na corregedoria, e que estão colaborando na elaboração do seu relatório de gestão. Nesta quinta e sexta-feira, dias 11 e 12, haverá novo encontro para tratar do documento.

Em setembro, a ministra deixa o cargo e retorna para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), do qual é integrante desde 1999. De acordo com o critério de antiguidade, ela seria a futura presidente da Corte, mas preferiu abrir mão do cargo para realizar novos projetos.

De acordo com o desembargador José Olegário Monção Caldas – que participou da gestão da Corregedoria Nacional de Justiça –, a ministra convocou os desembargadores para que continuem ao lado dela, na equipe de trabalho que será formada para construir um projeto no STJ em prol da judicatura. A ideia é apresentar soluções para as dificuldades da atividade jurisdicional, constatadas pela ministra na Corregedoria Nacional de Justiça.

Elogios
Com a proximidade do encerramento de sua gestão como corregedora Nacional de Justiça, a ministra Nancy Andrighi publicou três portarias com elogios públicos à sua equipe de magistrados – juízes auxiliares e desembargadores – e servidores.

Ao todo, 16 desembargadores e juízes, sendo que apenas dois desembargadores ficaram afastados da jurisdição, colaboraram com as atividades da corregedora, na sede da Corregedoria em Brasília, a exemplo de inspeções e correições nos Tribunais de Justiça dos Estados e nas Justiças Federal e Trabalhista.

O elogio aos servidores alcança tanto os do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) como os do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que atuaram em seu gabinete no biênio 2014/2016. A ministra enalteceu a dedicação, eficiência e espírito de equipe nos trabalhos desenvolvidos na Corregedoria Nacional de Justiça durante seu mandato, que será concluído no próximo dia 26 de agosto.

Clique aqui e veja a Portaria nº 21 de elogio aos juízes auxiliares.

Fonte: Ascom TJBA / Foto: CNJ

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje