Construtora de viaduto doou R$ 2,8 mi nas eleições de 2012

Levantamento divulgado nesta sexta-feira pela ONG Contas Abertas revela que a construtora Cowan, responsável pelo viaduto em Belo Horizonte que desabou nessa quinta matando duas pessoas, doou 2,8 milhões para campanhas eleitorais em 2012. O número ilumina o que seria uma íntima relação de trabalho e contratos entre a empresa e o governo, em cujo histórico somam-se casos de denúncias e irregularidades.

De acordo com a Contas Abertas, que investiga o fluxo de capital do processo eleitoral brasileiro, a Cowan auxiliou três partidos nas eleições passadas: foram R$ 1,8 milhões para o diretório nacional do PMDB; R$ 500 mil para diretório nacional do PCdoB e R$ 500 mil para o diretório nacional do PSDB.

Apesar do volume, a Cowan é um nome relativamente pequeno entre suas irmãs maiores da construção civil. Esses R$ 2,8 milhões a colocaram, segundo a ONG, na posição 73 no ranking das empresas que mais doaram nas eleições de 2012. A lista de doações é liderada pela Andrade Gutierrez (R$ 81,2 milhões doados), Queiroz Galvão (R$ 52,1 milhões) e OAS S.A. (R$ 44,1 milhões).

Atrasos
O viaduto Guararapes, que estava sendo construído sobre a avenida Dom Pedro I, em Belo Horizonte, era parte da implantação do BRT Antônio Carlos/Pedro I. De acordo com levantamento da Contas Abertas, toda a obra, que entra no pacote das obras da Copa do Mundo, foi orçada em R$ 713,5 milhões.

Deste montante, R$ 554,8 milhões já foram contratados e R$ 214,7 milhões foram pagos. A obra, no entanto, não ficou pronta no prazo definido (antes da Copa). No sistema da prefeitura de Belo Horizonte, que é responsável pela execução do empreendimento, o status da obra em 30 de abril de 2014 era “em operação”

Mais que atraso, a obra já havia apresentado problemas em fevereiro deste ano. No episódio, o viaduto Montese – que compõe a obra do qual Guararapes fazia parte – havia apresentado deslocamento anormal de 27 centímetros, o que causou interdição da obra por quatro dias.

Fonte: Terra

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje