Comissão da AL-BA aprova fim da revista íntima em presídios

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia aprovou nesta terça-feira (25), por unanimidade, o projeto que proíbe a realização de revista íntima nas unidades prisionais da Bahia.

De autoria da deputada Luiza Maia (PT), a proposta estabelece que sejam utilizados equipamentos, como scanner corporal, para o procedimento.

“A ideia é evitar o constrangimento, a ofensa à dignidade dos visitantes. Pois é isso que ocorre nestas revistas, quando obrigam o visitante a despir-se, fazer agachamentos ou dar saltos e ser submetido a exames clínicos invasivos”, afirmou a petista.

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje