Centro Atlântica devolverá ao governo federal ferrovia Alagoinhas-Juazeiro

A Ferrovia Centro Atlântica desativará e devolverá ao governo federal trechos de ferrovias em vários estados brasileiros por considerá-los sem viabilidade econômica e para isso terá que pagar uma  multa milionária à União, prevista em R$ 760 milhões.

O que causou surpresa foi a pretensão da empresa de desativar e devolver trechos vinculados ao município de Alagoinhas, até então considerados viáveis economicamente.

O Alagoinhas Hoje fez contato por intermédio de correspondência eletrônica com Jorgivaldo Pereira da Silva, diretor do SINDIFERRO no município, e obteve as seguintes informações: “Todos nós estamos digerindo as informações. Até então  havia só rumores com a ANTT fazendo algumas inspeções no corredor ferroviário Bahia x Minas. Sabíamos  dos trechos entre Salvador x Mapele e Propriá x Aracaju, por se tratar segundo os empresários,  de setores com  inviabilidade econômica, porém,  devolver ao governo  áreas que correspondem a ramais com viabilidade econômica foi uma grande surpresa para todos nós. O  SINDIFERRO, na pessoa do seu coordenador geral,  Paulino Rodrigues de Moura, agendou uma reunião com a diretoria da F.C.A. para tomar ciência dos fatos”.

No link abaixo está a publicação do Diário Oficial da União, de 5 de Julho, que registra os trechos que serão devolvidos pela FCA:

http://www.in.gov.br/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=87&data=05/07/2013

Há três décadas sem o trem de passageiros, Alagoinhas não terá, brevemente, nem mais os trens de carga.
Enquanto isso, Feira de Santana caminha a passos largos para se tornar o maior entrocamento ferroviário do Nordeste.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje