Caixa lucra R$ 3,1 bi no semestre com avanço de 42% no crédito

A Caixa Econômica Federal teve lucro líquido de R$ 3,1 bilhões no primeiro semestre de 2013, resultado 10,3% maior do que o apurado no mesmo período de 2012.

No segundo trimestre, o banco lucrou R$ 1,830 bilhão –8,8% mais do que os R$ 1,682 bilhão do mesmo período de 2012.

Maior aposta do governo Dilma Rousseff para reduzir os juros ao consumidor, a Caixa fez R$ 197 bilhões de empréstimos no semestre –46,3%mais do que no primeiro semestre do ano passado.

Com isso, a carteira de crédito atingiu inéditos R$ 431,3 bilhões, o que mostra um ritmo de crescimento anual de 42,4%, de longe o maior do sistema financeiro nacional.

Diferentemente dos demais bancos, a inadimplência na Caixa subiu de 2,04% para 2,27% entre junho de 2012 e junho de 2013. Para a Caixa, o nível está em linha com o previsto pela instituição financeira e abaixo dos calotes de 3,4% do sistema financeiro nacional.

Segundo Marcio Percival, diretor de Finanças da Caixa, uma das razões é que o banco diversificou mais sua carteira de empréstimos, aumentando a fatia de crédito ao consumo e a empresas, segmentos com maior inadimplência do que o imobiliário.

Há um ano, o imobiliário respondia por 58% da carteira total de investimentos do banco; agora, caiu para 55%. Ao mesmo tempo, o segmento de capital de giro subiu de 15,6% para 17,4%, nessa comparação.

“O banco está mudanço seu mix de empréstimos”, disse.

Só a carteira de crédito habitacional atingiu R$ 238,5 bilhões, crescimento de 34,6% nos últimos 12 meses. A Caixa tem 69,1% desse mercado, apesar do avanço dos bancos privados e do também estatal Banco do Brasil no segmento.

Fonte: Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje