Caixa admite equívoco em informação sobre Bolsa Família e pede desculpas

O presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, deixou, por quase uma semana, de informar ao público que o banco federal liberou todos os pagamentos do Bolsa Família na véspera dos boatos que levaram milhares de famílias a buscarem agências para sacar os benefícios.

Na ocasião, todos os benefícios, em um total de R$ 2 bilhões, foram liberados de uma só vez nas contas das 13,8 milhões famílias atendidas.

Segundo afirmou nesta segunda (27) o presidente da instituição, ele soube que as liberações foram anteriores aos boatos na segunda-feira, depois da corrida às agências para sacar o benefício, que aconteceu no fim de semana dos dias 18 e 19.

“Tive a informação na segunda-feira e mandei fazer um levantamento exaustivo do que ocorreu. Qualquer presidente de empresa faria o mesmo.”

Para a oposição, essa liberação é a provável causa do que ocorreu. O PSDB pediu nesta segunda-feira ao Ministério Público que investigue a mudança na liberação de recursos do programa.

Na mesma segunda-feira, o vice-presidente de Governo da Caixa, José Urbano, foi a público reafirmar o dado errado e inicial –que a liberação ocorrera no sábado, para aplacar os boatos e evitar um caos maior.

Essa informação inicial só foi desmentida pelo banco na última sexta, após a Folha revelar que uma dona de casa de Fortaleza tinha recebido o dinheiro antecipado na sexta, e não no sábado.

Questionado pela Folha hoje, Hereda afirmou: “Segunda-feira [souberam que o pagamento ocorreu na sexta, e não no sábado]. Eu não vou a público dizer uma parte da informação sem ter todas as informações levantadas. Eu pedi que levantassem todas as informações, analisassem todas essas informações, analisassem todas essas informações, fizessem batimento, cruzassem o sistema para eu poder me posicionar. Se eu fosse a público dizer um pedaço só história, meu amigo, eu seria irresponsável”.

Hereda, contudo, disse que o banco soltaria uma nota na sexta-feira (24) de qualquer maneira. “A nota que a gente soltou na sexta-feira coincidiu com o que a Folha colocou. Vocês não vão acreditar que coincidiu, mas foi isso que aconteceu.”

O presidente afirmou que o banco deu uma “informação equivocada” e pediu desculpas por isso.

“Tivemos uma informação equivocada em relação a data, e isso gerou uma informação imprecisa da Caixa. Essa imprecisão só se justifica pelo momento em que estávamos vivendo. Peço desculpas a todos. So quem viveu uma crise sabe [como é].”

Hereda negou que tenha havido erro no sistema de pagamento do Bolsa Família e afirmou que a antecipação dos pagamentos do programa não foi o causador da onda de boatos.

Fonte: Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje