"Cadê" a nota fiscal eletrônica da Prefeitura de Alagoinhas?

Prometida há muito tempo pelo secretário municipal da Fazenda, Renato Almeida, a nota fiscal eletrônica, que demonstra modernidade administrativa, continua no papel e no campo das supostas boas intenções. Reconhecido por alguns como gestor eficiente, o secretário parece ter perdido o controle do processo de implantação da NFE, instituída, por exemplo, em Catu, município vizinho de menor porte, desde 2012.

Empresas com domicílio em Alagoinhas e que prestam serviço na capital do estado enfrentam certo preconceito quando emitem a velha nota oriunda do talão de papel. Há casos, inclusive, de recusa inicial de recebimento da nota , mesmo depois da  prestação de serviço concluída (sempre é preciso explicar que a Prefeitura de Alagoinhas ainda não implantou a nota fiscal eletrônica).  Uma saia justa desnecessária.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje