Brasil tem 6 milhões de mulheres sócias de empresas, diz Serasa

O Brasil tem aproximadamente 6 milhões de mulheres sócias de empresas no país. Elas são na maioria microempresárias, têm de 31 a 50 anos (53,33%) e estão mais presentes nas regiões Sudeste (53,27%) e Sul (19,57%).

O estado de São Paulo é o que tem maior concentração de mulheres empreendedoras, com 30,91%, seguido de Minas Gerais, com 10,93%, e Rio de Janeiro, com 9,51%.

Os dados são de uma pesquisa feita pela Serasa Experian, divulgada nesta sexta-feira (8).

Os nomes mais comuns dentre as empresárias brasileiras são Maria Aparecida e Adriana e os signos mais comuns são Leão e Virgem.

A faixa etária mais comum entre as empreendedoras brasileiras é a de 31 a 40 anos, com 27,66% do total. A segunda faixa mais expressiva é de 41 a 50 anos, com 25,67%.

O número de mulheres jovens, com idade de 18 a 20 anos com empresa ainda é pequeno e representa apenas 0,94% do total. Em último lugar, está a faixa etária de mulheres acima de 81 anos, que representam 0,85% do total.

Entre as empresas com faturamento conhecido que têm mulheres como sócias no Brasil, a maioria de 99,59% é de micro ou pequeno porte. Apenas 0,39% do total são sócias de médio porte e 0,02% de grande porte.

No total., 57,14% das sócias de empresas que faturam mais de R$ 1,5 bilhões por ano, têm entre 21 e 40 anos.

De acordo com a análise da Serasa Experian, a maior parte das mulheres sócias são empresárias e comerciantes que cuidam de seu próprio negócio e possuem um nível de vida de médio a modesto. Muitas residem no próprio estabelecimento e equilibram as contas da empresa e pessoais, contando somente com seus conhecimentos e conselhos de amigos negociantes.

Preferem a vida pacata ao crescimento muito grande de seu comércio. Vivem sem luxo, satisfazendo-se com pequenos agrados e prazeres rotineiros, seja uma pequena reforma no estabelecimento, seja uma festa em família, com mesa farta e bebida à vontade, diz a nota do Serasa.

Fonte: Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje