Bastidores do caso Sônia Fontes – PHS

BASTIDORES DA POLÍTICA 1

O Alagoinhas Hoje recebeu nesta quarta-feira (10), por meio de correspondência eletrônica, o texto abaixo, cujo autor é um dos participantes da reunião entre a candidata Sônia Fontes e os pré-candidatos do PHS à Câmara de Vereadores, realizada no dia 1º de agosto, no comitê da candidata.

No texto, ele narra situações que não estão na gravação. O remetente solicitou anonimato, mas disse que confirmará todas as informações se for convocado pelo Ministério Público Eleitoral. Segundo ele, outro participante também está disposto a confirmar tudo que foi discutido na reunião.

Ele tem consciência das pressões que sofrerá para não confirmar o que está descrito no texto abaixo. “ Eu e outro participantes da reunião, se convocados pelo Ministério Público Eleitoral, confirmaremos tudo”, declarou ao editor do Alagoinhas Hoje.

O site manteve o texto como foi recebido.

“Eram 12 pré-candidatos pelo PHS, sendo que 11 deles foram convidados por Radiovaldo Costa para ingressar no partido. Quando soubemos que a presidência do PHS havia optado por Sônia Fontes e não mais ficaria com Radiovaldo, imediatamente os 11 foram convocados para conversar sobre o assunto e tentar reverter a situação.

Dos pré-candidatos que se fizeram presentes, ”a maioria” deu a palavra dizendo que estaria com Radiovaldo. Marcamos outras reuniões para discutir o assunto, inclusive no domingo pela manhã (31/07), dia em que seria realizada a convenção.

Infelizmente, alguns pré-candidatos que se diziam leais à Radiovaldo Costa acabaram sendo seduzidos por propostas tentadoras do grupo cezista.

O pastor Maxandro Evangelista Nunes foi o primeiro a se rebelar e disse que havia recebido uma mensagem de Deus falando que deveria assinar a ata da convenção e marchar do lado de Sônia Fontes. “Com Deus não se discute’’ e ‘’eu sou um homem temente a Deus’’, afirmou o pastor Maxandro.

O pré-candidato Jose Alves Barreto, conhecido como Barretão, falava para os quatro cantos:  “Permaneço do lado de quem me der mais”, apesar de ter dito antes que estava com Radiovaldo.

Não demorou muito para esses dois pré-candidatos adentrarem na convenção no domingo, assinarem a ATA e posarem para fotos com Sônia Fontes e Paulo Cezar.

Na segunda feira pela manhã (1º), também houve reunião na Câmara de Vereadores e posteriormente na casa amarela (comitê de Sônia Fontes), que fica localizada na rua da Acra.

Nos reunimos lá com Sônia Fontes, Jessé Bico de Pena e Renan da APROVAT. Quando entramos na sala e começamos a conversar com Sônia Fontes, o pré-candidato Jose M. Pinheiro França, conhecido como Zé da Padaria, começou a tremer. Logo pensei que ‘’Zé da Padaria’’ desmaiaria, com tamanha emoção, ao ouvir da candidata a prefeita que bancaria toda a sua campanha e se tivesse pelo menos 100 votos receberia um cargo de coordenador. Quanto mais votos, melhor seria o cargo. Zé não aguentou e em seguida começou a chamar Sônia Fontes de ‘’Soninha’’ e disse que caminharia com ela.

O pré-candidato Carlos Alberto, conhecido como Kid Gordinho, foi o mais cômico. Só para se ter uma ideia: ele era do PTN, apoiava Filadelfo Neto para prefeito, depois passou para o lado de Radiovaldo, e agora, resolveu marchar com Sônia Fontes, que tem como vice Filadelfo Neto.

Os candidatos do PHS que aceitaram a proposta ardilosa e resolveram marchar ao lado de Sônia Fontes são:

Maxandro Evangelista Nunes (Pastor)

Jose Alves Barreto (Barretão)

Jose M. Pinheiro França (Zé da Padaria)

Deiwinson Pereira Chaves (Tito Chaves)

Carlos Alberto (Kid Gordinho)

O que não aceitaram a proposta indecente e mantiveram a palavra foram:

Crispir Victor S. Santos (Fuca)

Claudia Milena (Claudia)

Robério Pimenta (Pimenta)

Anderson Fonseca (Cagdo)

Altamirando Neto (Neto)

Observação 1: Ney Santos Aquino (Ney Aquino) era pré-candidato pelo PHS, mas nunca participou de nenhuma das reuniões.

Observação 2:

Foram quatro pré-candidatos que se reuniram com Sônia Fontes: Carlos Alberto (Kid Gordinho) e seu assessor Gil, da Equipe Fest, Anderson Fonseca (Cagdo), Robério Pimenta (Pimenta) e Jose M. Pinheiro França (Zé da Padaria).  

Renan da APROVAT, presidente do partido e candidato pelo PHS, já tinha assinado a ata, então não era mais pré-candidato e sim candidato, e o núcleo cezista representado por Jessé Bico de Pena Sônia Fontes”.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje