Bancos impedem comparação de taxas de juros

Alguns dos maiores bancos brasileiros impossibilitam a comparação das taxas de juros oferecidas na hora de contratar um empréstimo.

Itaú, HSBC e Banco do Brasil só informam quais são as taxas cobradas em empréstimos para correntistas da instituição -ou se o consumidor abrir uma conta.

Segundo o BC, não existe uma regulamentação que obrigue os bancos a informar taxas de juros a quem não é cliente. Apesar de ser legal, a prática impede que o consumidor consiga negociar as melhores condições de juros.

A reportagem foi aos bancos com o intuito de obter simulações de taxas para um empréstimo pessoal de R$ 10 mil e um financiamento de veículo de R$ 15 mil.

Santander, Caixa e Bradesco informaram as taxas praticadas. Mas, em alguns casos, agências da mesma instituição apresentaram taxas diferentes para o mesmo valor de empréstimo.
Na prática, isso dificulta ainda mais a comparação entre os bancos.

A maior diferença foi no Bradesco: a taxa em um empréstimo de R$ 10 mil foi de 6,33% ao mês em uma agência e de 4,85% em outra. Procurado pela reportagem, o banco não respondeu até a conclusão dessa edição.

“O CET (Custo Efetivo Total) é justamente uma forma que foi criada, um simulador para que o consumidor tenha todas as informações e possa comparar o menor custo”, afirma Maria Inês Dolci, da associação de consumidores Proteste e colunista da Folha.

OUTRO LADO

O Itaú afirmou que só concede crédito ou informações para correntistas e que, após a abertura de conta, é necessário esperar de três a seis meses para conseguir o empréstimo. Por meio de assessoria, o banco afirmou que “seleciona” os seus clientes.

O Banco do Brasil afirmou, durante a solicitação na agência, que a taxa de juros é calculada a partir do histórico de relacionamento do banco com o cliente e, por isso, não poderia fornecer a simulação real. Ainda assim, orientou que fosse aberta uma conta na instituição.

Por meio de assessoria, no entanto, o banco informou que não existe uma orientação específica para essa situação. Em uma das agências, por exemplo, o banco informou apenas as opções para financiamento do veículo.

Já o HSBC tem como política informar condições de empréstimo apenas aos seus correntistas. Isso porque, segundo o banco, as taxas são calculadas a partir do relacionamento que o cliente possui com o banco.

Fonte: Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje