Baile literário emociona comunidade do Subúrbio Ferroviário

O período de férias é movimentado no Colégio Estadual Dalva Matos, localizado no bairro do Lobato, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. Os estudantes aproveitam o momento para reunir os professores e as famílias em torno do projeto Baile Literário, que conta com apresentações de teatro, dança, poesia e de música. Neste ano, o baile foi realizado na quinta-feira (19) e teve como inspiração a obra “Lisbela e o Prisioneiro”, do escritor nordestino Osmar Lins.

 Toda a montagem do espetáculo foi feita pelos estudantes do 3° ano do Ensino Médio. Os figurinos foram confeccionados de acordo com a temática e adaptados às coreografias embaladas por diferentes ritmos como o tango, o mambo e por música cigana. Foi um momento especial, principalmente, para aqueles que concluíram o Ensino Médio e que se despedem da escola. É o caso de Railane Damasceno Oliveira, 18. “Gostei muito de participar do baile porque tivemos a oportunidade de passar um pouco do que aprendemos com a Literatura para as pessoas da comunidade que prestigiaram o nosso espetáculo. Mesmo estando formada, quero participar da próxima edição do baile porque é muito bom”, comenta.
O momento também será inesquecível para a recém-formada, Jenifer Cardoso, 18. Ela conta que esta foi a sua primeira dramatização e que também ficou responsável em apresentar o evento. “Fiquei muito nervosa e, ao mesmo tempo, emocionada em dar vida a um personagem em uma apresentação teatral”, afirma referindo-se ao seu desempenho no palco interpretando a mãe de Lisbela.
De acordo com a professora e idealizadora do evento, Marineuza Moura, a atividade tem o objetivo de despertar nos estudantes o gosto pela Literatura. “Este é um trabalho social abraçado pela direção da escola e toda a comunidade local. Para mim é sempre uma grande emoção ver nos olhos dos meus alunos a felicidade de viver este grande momento na vida deles. O agradecimento e o reconhecimento dos pais representam, sem dúvida, a valorização do meu trabalho e que vale a pena educar com amor”, afirma a educadora.
Fonte: Ascom SEC

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje