Aramari: primeiras medidas para revitalizar represa ganham celeridade

FOTO ARAMARI REPRESA

Depois da audiência pública que mobilizou moradores e representações políticas de toda região, as primeiras medidas concretas para a revitalização da centenária represa de Aramari foram discutidas nesta terça-feira (22), em Salvador. Acompanhado do prefeito do município, José Carlos (PDT), o deputado Joseildo Ramos (PT) esteve com o secretário estadual de Meio Ambiente (Sema), Eugênio Spengler, e de Desenvolvimento Urbano, Cícero Monteiro, em reunião de trabalho que contou com a presença do presidente do Grupo Ambientalista de Aramari (Gamar), Raimundo Gonzaga.

Um projeto executivo de esgotamento sanitário vai ser elaborado para contemplar a sede do município, beneficiando cerca de seis mil moradores e dando o pontapé inicial para a revitalização da represa. “Foi definido que a recuperação da represa é prioridade para a população por conta de sua degradação histórica, portanto, vamos autorizar imediatamente a elaboração do projeto executivo e apoiar no Plano Municipal de Meio Ambiente”, garantiu Cícero. Joseildo comemorou a notícia e disse que irá entrar em contato com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, para viabilizar recursos federais para a revitalização, através da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), órgão vinculado ao Ministério.

Ainda como parte do pacote de medidas para iniciar o processo, a represa do município vai ganhar a recuperação das sete nascentes e de sua mata ciliar. Aramari será ainda o primeiro município da região a receber um convênio para a realização do Cadastro Ambiental Rural, ferramenta criada pelo Novo Código Florestal. A função é regularizar as atividades de propriedades de até quatro módulos rurais (ou 120 hectares) através de um sistema de base de dados estadual. O sistema do cadastro emite um certificado de regularidade que protege o pequeno proprietário de multas, além de dar acesso ao crédito rural, financiamento bancário e seguro agrícola.

Educação Ambiental 

Os estudantes do Colégio Estadual Anselmo Santos também serão beneficiados com o convênio para que desenvolvimento de atividades de educação ambiental na unidade. Os alunos sensibilizaram o secretário Eugênio Spengler na audiência pública no último domingo. Na reunião com Joseildo e o prefeito nesta terça, Spengler, autorizou a liberação de recursos para escola aplicar em ações de preservação do meio ambiente.

Fonte: Assessoria de Comunicação do deputado Joseildo Ramos – Foto: Rogério Rocha

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje