Após quatorze anos de trabalho, médica responsável pelo planejamento familiar e cirurgias de ligaduras de trompas na maternidade foi demitida pela Prefeitura de Alagoinhas

MATERNIDADE DE ALAGOINHAS 3

Após 14 anos trabalhando na maternidade municipal, a médica Ana Terêncio recebeu o aviso de demissão da Prefeitura de Alagoinhas e trabalhará até o dia 30 de novembro. 

A profissional, em quase uma década e meia, atuou na realização do planejamento familiar e de cirurgias de ligadura de trompas.

Com a demissão, mulheres de Alagoinhas e região ficarão sem assistência médica nestas duas áreas. Ana Terêncio, segundo uma fonte do Alagoinhas Hoje, realiza semanalmente seis ligaduras. Em passado recente, a médica chegou a fazer 32 cirurgias de esterilização feminina por mês. 

Ela não foi comunicada sobre os motivos da demissão. O serviço será paralisado em razão do ajuste de contas da administração do prefeito Paulo Cezar, que está cortando em áreas essenciais para a qualidade de vida da população.

Neste caso, a fatura será paga pelas mulheres alagoinhenses, principalmente por aquelas que precisam do serviço público municipal de saúde. 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje