Aplicações isentas de Imposto de Renda atraem mais poupadores

Mais investidores estão buscando aplicações isentas de Imposto de Renda além da poupança. As letras de crédito, títulos emitidos por instituições financeiras, viram seu estoque crescer nos cinco primeiros meses do ano.

De janeiro a maio deste ano, houve expansão de 14,3% no volume de LCI (Letras de Crédito Imobiliário) registrado na Cetip, totalizando R$ 117,4 bilhões.
Já o estoque de LCA (Letras de Crédito do Agronegócio) aumentou 6,1% no mesmo período, para R$ 31 bilhões.

A LCI tem lastro em crédito imobiliário, enquanto a LCA pode ter como garantia uma safra agrícola.

Esses papéis têm semelhanças com os CDBs (Certificados de Depósito Bancário), pois oferecem retorno atrelado a um percentual do CDI (Certificado de Depósito Interfinanceiro, a taxa de juros cobrada nos empréstimos entre bancos). No entanto, são isentos de IR.

Nos principais bancos de varejo, o investidor encontra opções de letras de crédito para quem tem R$ 1.000 para aplicar, caso do Banco do Brasil. No Santander e na Caixa Econômica Federal, a aplicação mínima é de R$ 30 mil. Bradesco e Itaú Unibanco não informaram à reportagem até o fechamento desta edição.

Fonte: Folha de São Paulo

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje