APEB diz que indicação de Barroso é um reconhecimento à advocacia pública

A Associação dos Procuradores do Estado da Bahia – APEB divulgou nota em suas redes sociais aprovando com aplauso a indicação do advogado Luiz Roberto Barroso para o Supremo Tribunal Federal – STF. Segundo a presidente da entidade, procuradora Cléia Santos, a escolha da presidente Dilma Rousseff é um reconhecimento da importância que a advocacia pública tem na administração da Justiça. Segundo ela, entre os aspectos que enaltece a escolha destaca-se o fato de Barroso pertencer à Procuradoria Geral do Rio de Janeiro.

Reforçando o ideia de fortalecimento da advocacia pública, a nota divulgada pela APEB lembra e convoca os associados da entidade a participarem da eleição direta que a OAB-BA promoverá no dia 4 de junho, com o objetivo de escolher a lista sêxtupla a ser encaminhada ao Tribunal de Justiça da Bahia para o cargo de desembargador da corte, pelo chamado Quinto Constitucional – vaga reservada à advocacia. Dois seis nomes a serem enviados pela OAB, três serão escolhidos pelo TJ-Ba e encaminhados ao Executivo que, por sua vez, indicará quem ocupará a cadeira. Cléia Santos frisou que apesar de o voto ser facultativo, é de extrema importância para fortalecer a presença da advocacia pública nos tribunais.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje