Alagoinhas sedia Seminário de Desenvolvimento Territorial

Alagoinhas sedia, esta semana, o “Seminário de Desenvolvimento Territorial: Fortalecimento da Agricultura Familiar”, e reúne produtores agrícolas, secretários, coordenadores, membros de cooperativas e associações rurais, para discutir sistemas produtivos, avanços, desafios e estímulos para o cuidado com o solo enquanto fonte de desenvolvimento.

Realizado no Hotel Kasa Grande, no centro da cidade, entre os dias 12 e 13 de novembro, o evento congrega aspectos do Bahia Produtiva – projeto do governo estadual executado por meio da CAR e voltado à inclusão produtiva – que foi apresentado, na manhã da última terça-feira (12), no interior baiano.

Foto: Milena Lima

“É um evento importante que reúne representantes e produtores de todo o território em torno de um interesse comum, que é o desenvolvimento da agricultura familiar. No seminário, o presidente Wilson Dias, da CAR, a Companhia de Ação Regional, fez um relato sobre a atuação do projeto no Território do Litoral Norte e Agreste Baiano, apresentando um diagnóstico perfeito da agricultura familiar, não só na região, como em todo o estado da Bahia, apontando para problemas ainda existentes, soluções, avanços e desafios do setor”, pontuou o secretário municipal de agricultura, Geraldo Almeida, que aproveitou a realização do seminário e entregou, ao presidente Wilson Dias, um troféu como homenagem simbólica pela contribuição, via CAR, dada à 22ª Expo Alagoinhas, realizada no início do mês, com sucesso de participação popular e uma programação, este ano, voltada também à participação dos agricultores familiares.

Foto: Divulgação

“A SEMAG ofereceu a ele um troféu com dedicatória, pela grande contribuição à exposição, uma vez que, através da CAR, a Prefeitura recebeu apoio para custear a participação de mais de 60 agricultores familiares e artesãos na Expo Alagoinhas. A exposição não é mais um evento apenas de criadores, mas da Agricultura Familiar, e a Prefeitura de Alagoinhas tem resgatado essa participação dos produtores rurais”, acrescentou Geraldo Almeida.

Foto: Milena Lima

Segundo ele, o Seminário chama a atenção para a importância do apoio às comunidades rurais. “O projeto Bahia Produtiva atua através de editais públicos. A CAR publica os editais, as chamadas públicas, e as entidades que são preparadas e que têm competência apresentam suas propostas, que passam pela avaliação para captar o recurso. Um dos desafios que vejo é que poucas entidades da região estão devidamente preparadas para concorrer aos editais. É preciso refletirmos também sobre a democratização do acesso a esse recurso, para que os diversos municípios do território possam participar”, afirmou Geraldo Almeida, que falou também sobre os benefícios desse apoio. “Esse financiamento também permite que cooperativas, sindicatos de agricultores familiares e associações que queiram se estruturar também possam ter um quadro técnico, que as prefeituras podem conseguir com o apoio do projeto”, salientou o gestor da secretaria, em Alagoinhas.

Com a presença de representantes de Araçás, Crisópolis, Esplanada, Itapicuru e Rio Real, entre outros municípios, o Seminário – cujo foco principal foi o desenvolvimento da agricultura familiar de produtores do Território Litoral Norte e Agreste Baiano – contou com rodas de conversa, debates, encaminhamentos e atividades em grupo.

Na tarde desta quarta-feira (13), as discussões foram conduzidas pelo diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural BAHIATER, Márcio Hirata.

Foto: Roberto Fonseca

A Secretaria de Agricultura de Alagoinhas ressaltou o papel fundamental de unir agricultores, fomentar o debate e o surgimento de iniciativas promissoras, através de projetos que valorizem os pequenos produtores rurais.

Confira as fotos do Seminário:

Foto: Roberto Fonseca

Foto: Roberto Fonseca

Foto: Milena Lima

 

Foto: Milena Lima

Foto: Milena Lima

Fonte: SECOM PMA

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje