Alagoinhas Hoje afirmou com exclusividade que Polícia Federal investigava Altino Junior

Na coluna Bate Pronto 46, publicada no dia 7 de Maio, quase uma semana antes da deflagração da Operação 13 de Maio, capitaneada pela Polícia Federal, o Alagoinhas Hoje afirmou que a PF investigava o empresário Altino Junior.

Hoje pela manhã, uma delegada e agentes da PF estiveram na casa de Altino Junior, situada em um condomínio de classe média no bairro de Alagoinhas Velha, em busca de documentos que comprovem o suposto envolvimento do empresário no desvio de recursos federais do FUNDEB.

Mais uma vez, o Alagoinhas Hoje esteve à frente de todos os veículos de comunicação da cidade e em primeira mão divulgou com exclusividade que o empresário estava sendo investigado.

Alguns amigos de Altino Junior, com objetivo de contestar a nota da coluna do Alagoinhas Hoje, afirmaram que “não ia dar em nada”.

Estavam completamente enganados. Deu em uma “batida” da PF na residência do empresário, que mesmo na hipótese de provar sua inocência,  ficará marcado como um “investigado” pela Polícia Federal.

O Alagoinhas Hoje pode ter errado o conteúdo motivacional da investigação, mas acertou em cheio o nome do personagem investigado.

Por conta disso, uma pergunta fica no ar: existe alguma conexão entre a Operação Lava Jato e a Operação 13 de Maio?

 

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje