Alagoinhas: a terra “querida” pelos candidatos “estrangeiros” – Maurílio Fontes

A cada eleição, quando estão em jogo cadeiras nos parlamentos estadual e federal, Alagoinhas se transforma na cidade “querida” pelos políticos “estrangeiros”, que nunca fizeram nada pelo município e nem por seu povo. Com discursos enganadores, políticos de quase todas as siglas se comprometem com o futuro de Alagoinhas e apresentam projetos mirabolantes, como se a imprensa e a população fossem acríticas e sem nenhum poder de análise.

A quase totalidade destes políticos, após a eleição, não pisará os pés em Alagoinhas e nem apresentará nenhuma proposição de interesse da cidade. Mas mesmo assim, alguns alagoinhenses, com base em interesses mais pessoais ($$$$$$) do que comunitários, defendem candidaturas estrangeiras como se elas fossem as salvadoras da pátria. Mas, na verdade, são pura ilusão. E balcão de negócios.

Segundo uma fonte do Alagoinhas Hoje, que solicitou anonimato, um deputado federal (com mandato) “investiu” R$ 100 mil em uma “liderança” para cabalar alguns votinhos no município. O custo benefício será avaliado a partir da noite de 5 de Outubro. Para o deputado e a “liderança”. Porque, sem dúvida, Alagoinhas não auferirá nenhuma vantagem da negociata.

 O deputado deve fazer a barba com óleo de peroba, assim como a pseudo-liderança, que  teria embolsado modestos R$ 100 mil. 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje