Aécio recebeu R$ 60 milhões de Joesley em 2014, diz jornal

A delação de Joesley Batista, dono da JBS, conta com mais trechos que atingem o senador Aécio Neves (PSDB-MG). O empresário teria afirmado que o ex-presidente nacional do PSDB teria recebido 60 milhões de reais em 2014, afirma o jornal O Globo. O pagamento teria sido feito por meio da emissão de notas fiscais frias a diversas empresas, de acordo com o jornal.

O veículo, que foi o primeiro a descobrir sobre o áudio com implicações diretas ao presidente Michel Temer, afirma que o dono da JBS afirma ter comprado partidos políticos para que apoiassem Aécio Neves na disputa com Dilma Rousseff (PT).

Ontem, o jornal já havia afirmado que Aécio Nevem havia solicitado 2 milhões de reais a Joesley Batista.

Na manhã de hoje, a Procuradoria-Geral da República pediu a prisão do senador. O ministro do STF Edson Fachin negou o pedido. Neves teve seu passaporte confiscado e foi proibido de sair do Brasil.

O Conselho de Ética do Senado já espera um pedido de cassação do mandato de Aécio que será feito pela Rede Sustentabilidade, partido de Marina Silva.

Fonte: Exame

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje