ZPE de Ilhéus começa a atrair empresas

O Programa de Investimentos em Logística na área de portos vai beneficiar  a  Zona de Processamento de Exportações  de Ilhéus, que está instalada a apenas 20 quilômetros de onde será implantado o Porto Sul.

Reportagem do Diário da Indústria e Comércio  afirma que além de financiar o Porto Sul,  o programa  deverá viabilizar a ampliação do porto Malhado, ampliando o calado do porto e dando condições para que navios maiores também possam ser carregados lá.

O  presidente da Associação Brasileira das Zonas de Processamento de Exportação (Abrazpe), Helson Braga, afirmou  na reportagem que  a ZPE de Ilhéus já tem condições de operar com as condições logísticas existentes, a partir do porto do Malhado, cuja ampliação está prevista no programa de portos,

Segundo ele, as ZPEs também foram beneficiadas com o projeto  aprovado no Senado que aumenta o limite para a comercialização interna nas zonas de processamento de 20% da produção para 40%.  O projeto, que agora, segue para a Câmara Federal.

O sócio da ZPE Bahia-Ilhéus, Isaías Mascarenhas, que  afirmou  que a ZPE Bahia-Ilhéus negocia agora com empresários que pretendem se instalar na região. Segundo ele, são empreendimentos voltados à siderurgia e à produção de minério de ferro, soja, biodiesel e algodão.

Segundo Helson B raga, as ZPEs são o instrumento concebido exatamente para operar como pontos de transformação industrial e de agregação de valor à produção exportável o  que pode  viabilizar a industrialização de produtos como algodão, soja e até minério de ferro é exatamente o transporte dessas mercadorias para o oeste baiano.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje