Vice de Ademar Simões afirma que atual administração não planejou o futuro de Inhambupe

O médico veterinário e comerciante Salustiano Reis participa da política de Inhambupe há muitos anos, mas na eleição de 2020 aceitou o convite para ser candidato à vice na chapa de Ademar Simões.

É a primeira vez que disputará cargo eletivo. 

“Por que os homens de bem não entram na política?” foi a pergunta que Salustiano Reis fez a si mesmo antes de aceitar o convite para compor chapa majoritária que disputará o Executivo municipal. “Represento o grupo de políticos mais jovens que deseja colaborar com o desenvolvimento de Inhambupe”, afirma Salustiano, acrescentando “que vai ajudar a administração com novas ideias, principalmente no segmento da agropecuária”. 

“Aceitei o convite para ser vice por conhecer Ademar Simões há muitos e saber de seus objetivos para transformar Inhambupe em uma cidade  desenvolvida e sustentável”, diz Salustiano. 

Potencial

Ele diz que Inhambupe tem grande potencial para se desenvolver por estar inserida na nova fronteira agrícola do Brasil, denominada SEALBA (Sergipe, Alagoas e Bahia). “Cabe ao poder público aproveitar as oportunidades, mas em Inhambupe a Secretaria de Agricultura praticamente não existe”, critica Salustiano. 

Em Inhambupe, de acordo com o médico veterinário, já se produz milho e a plantação de soja é uma possibilidade real de diversificação. “A compra de terras na região está a todo vapor com foco na produção de milho e de outras culturas”, revela. 

Os estudos técnicos são coordenados pela Embrapa Tabuleiros Costeiros. 

Pequenos agricultores 

Segundo Salustiano, os pequenos agricultores precisam do apoio da Prefeitura de Inhambupe para que tenham  condições necessárias à geração de renda. “Núcleos de irrigação, infraestrutura para escoamento da produção, água e energia são extremamente importantes para os agricultores familiares”, diz. 

Para ele, é possível melhorar a qualidade de vida da população a partir de ações planejadas da Prefeitura de Inhambupe. “A atual administração não projetou a cidade para o futuro e não pensa nas demandas da comunidade”, enfatiza. 

A produção de pimenta em Inhambupe está em crescimento, informa Salustiano.

“O cultivo da pimenta, conjugado com irrigação, é altamente produtivo e capaz de gerar emprego e renda para os pequenos agricultores”, afirma o médico veterinário. 

 

Fonte: Assessoria – Fotos: Divulgação 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje