Vereadores Gilson Guimarães e José Edésio discutem e se agridem verbalmente

O vereador Gilson Guimarães, que exerce seu primeiro mandato, e o vereador José Edésio, decano da Câmara de Vereadores e ex-presidente do legislativo alagoinhense, travaram na última terça-feira, nos bastidores, uma áspera, ríspida e intensa discussão com agressões verbais de parte a parte.

A Coopersaúde, cujo contrato foi rompido pela Prefeitura de Alagoinhas, foi citada no embate entre os representantes do povo de Alagoinhas.

O Alagoinhas Hoje fez contato com o vereador Gilson e ouviu as seguintes explicações: ele admitiu a discussão com Edésio, mas disse que é algo normal entre vereadores; admitiu também que a cooperativa de saúde foi um dos temas do embate verbal; afirmou que é da base do governo municipal e não da “base de Edésio” . “Mesmo sendo da base do governo não tenho um gari sequer nomeado na prefeitura”, enfatizou.

Gilson salientou que o voto é dele e que não admite ligações dos operadores políticos da administração para que ele mude suas posições políticas quando projetos do governo estiverem na pauta de votação. “Afirmei desde o início que votaria contra o projeto de terceirização da maternidade”, acrescentou.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje