TSE pretende trocar urna eletrônica por voto no celular

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está avaliando a possibilidade de o eleitor brasileiro usar o computador e até o celular para votar, a medida poderia substituir a urna eletrônica. De acordo com o portal UOL, 31 empresas já manifestaram interesse em desenvolver uma tecnologia para este objetivo.

O principal objetivo do TSE é baixar o custo das eleições e reduzir o número de eleitores que deixam de votar a cada pleito. Um edital, lançado pelo tribunal no dia 28 de setembro para captar parceiros na iniciativa, recebeu inscrições de startups a multinacionais como Amazon e IBM. O objetivo é demonstrar a novidade já nestas eleições.

Já neste ano o TSE vai começar a testar a novidade em três cidades brasileiras com candidatos fictícios. Os colégios eleitorais que experimentarão a tecnologia ficam nas cidades de São Paulo, Curitiba e Valparaíso de Goiás (GO).

 

Fonte: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje