Trabalhadores de Alagoinhas serão contratados para obra de duplicação da BR-101

Em reunião na manhã desta quinta-feira (12), no canteiro/escritório da TORC, líder do consórcio responsável pela duplicação de 82 quilômetros da BR-101, trecho de Entre Rios até a BR-324, na entrada para Feira de Santana, ficou decidido que trabalhadores de Alagoinhas serão contratados preferencialmente pela empresa em diversas funções necessárias à realização da obra.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Bruno Fagundes, a diretoria da secretaria, Jaldice Nunes, o ex-vereador Radiovaldo Costa e representantes da TORC discutiram as ações para contratação dos trabalhadores. Ficou decidido que a empresa não receberá mais currículos em seu canteiro/escritório e que as inscrições serão realizadas, a partir de terça-feira (17), na sede da Associação Comercial e Industrial de Alagoinhas (ACIA), situada no centro da cidade.

As senhas serão por ordem de chegada e o atendimento começará às 8 horas da manhã. Serão 70 atendimentos no turno matutino e mais 70 à tarde.

Os interessados deverão levar os documentos pessoais e currículo descrevendo experiência na função que desejam trabalhar.

A empresa contratará a partir do cadastro realizado sob a coordenação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. “Para cada vaga serão enviados três pessoas para que a empresa faça a seleção”, informou Radiovaldo Costa ao Alagoinhas Hoje.

O início da obra depende de autorização do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), mas tudo indica que em fevereiro a duplicação começará.

Na primeira etapa da duplicação, a empresa contratará até 300 trabalhadores e nas etapas seguintes o número poderá dobrar.

A duplicação tem prazo máximo previsto de três anos.

Empresa  não receberá mais currículos no canteiro/escritório, situado na BR-101, nas proximidades da antiga sede da CAVAN

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje