Tempo esgotado: rompimento entre Paulo Azi e Paulo Cezar é questão de dias

PAULO AZI E PAULO CEZAR EM ARAMARI 2

A aliança eleitoral, política e administrativa entre o deputado federal Paulo Azi (DEM) e o prefeito Paulo Cezar (PDT) está na prorrogação e, possivelmente, ainda nesta semana o rompimento será formalizado. 

O grupo do deputado não aceita apoiar a candidatura da secretária Sônia Fontes (PSB) e caminhará com médico Joaquim Neto, pré-candidato do DEM e do prefeito de Salvador, ACM Neto. 

Com isso, a pré-candidatura de Renato Almeida (PV), que está na UTI e contava com o apoio do prefeito da capital do estado e do deputado Paulo Azi, terá seus aparelhos desligados e morrerá por falta de oxigênio, em uma simbólica eutanásia política. 

O rompimento entre os dois líderes políticos, apesar do recente otimismo do prefeito Paulo Cezar, não é surpreendente, muito pelo contrário, já era esperado em função das variáveis do atual cenário político de Alagoinhas.

Há muito tempo, o Alagoinhas Hoje publicou matérias registrando que não haveria outro caminho senão o do rompimento, que se confirmará nos próximos dias. 

Foto: Paulo Azi (em pé) e Paulo Cezar (quarto da esquerda para a direita)

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje