Temer repudia estupro e promete combate a esse tipo de crime

michel-temer_1638898

O presidente interino Michel Temer (PMDB) usou as redes sociais, nesta sexta, 27, para repudiar o estupro coletivo contra uma adolescente no Rio de Janeiro. “Repudio com a mais absoluta veemência o estupro da adolescente no Rio de Janeiro. É um absurdo que em pleno século 21 tenhamos que conviver com crimes bárbaros como esses”, disse em discurso no Twitter.

O peemedebista disse que o governo federal está mobilizado junto a Secretaria de Segurança Público do Rio de Janeiro para identificar os responsáveis pelo crime. O caso ganhou repercussão depois um vídeo mostrando a vítima logo após o estupro ter sido divulgado. Nas imagens, a jovem aparece desacordada e sangrando, enquanto suspeitos afirmam que ela foi violentada por 33 homens.

Temer ainda afirmou que o ministro da Justiça Alexandre de Moraes convocou uma reunião com os secretários de segurança pública de todo país nesta terça, 31, para discutir o assunto. “Tomaremos medidas efetivas para combater a violência contra a mulher. Vamos criar um departamento na Polícia Federal tal como fiz com a delegacia da mulher na Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. Ela vai agrupar informações estaduais e coordenar ações em todo país”, anunciou.

Dilma

Nesta quinta, 26, quando o caso ganhou repercussão, a presidente Dilma Rousseff (PT) já tinha se pronunciado sobre o caso. Manifestando solidariedade à jovem, Dilma considerou o ato uma”barbárie”. “Mais uma vez reafirmo meu repúdio à violência contra as mulheres. Precisamos combater, denunciar e punir este crime. É inaceitável que crimes como esse continuem a acontecer. Repito, devemos identificar e punir os responsáveis”, disse.

Fonte: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje