Série de eventos com Dilma e Lula revê década de poder do PT

Um seminário com a presença da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no próximo dia 20, no Anhembi, marcará o início da mobilização do PT para celebrar os dez anos do partido à frente do governo federal.

O evento será o primeiro de uma série de até 13 plenárias temáticas que a sigla pretende fazer até o fim do ano.

“Não se trata de comemoração, mas de um conjunto de eventos de reflexão sobre o decênio”, diz Márcio Pochmann, presidente da Fundação Perseu Abramo (FPA), centro de estudos do partido.

Os seminários do PT deverão fazer balanços dos impactos sociais e econômicos das administrações do partido e passar ao largo da maior crise enfrentada pelo primeiro governo de Lula (2003-2006). “Não está previsto que o tema do mensalão seja tratado”, diz Pochmann.

Para o dirigente, nem mesmo no diretório nacional do PT há consenso sobre a abordagem do caso e as consequências do julgamento de líderes petistas pelo Supremo Tribunal Federal.

Os seminários serão organizados em conjunto pela FPA, o diretório nacional petista e o Instituto Lula, já que o ex-presidente deve ser a principal estrela dos eventos.

Locais e datas estão sendo definidos de forma a não coincidir com outras viagens de Lula, que já anunciou que neste ano correrá o país defendendo seu legado. “Depois do evento em São Paulo, a gente sai batendo lata pelo país”, afirma Paulo Okamotto, presidente do instituto.

A intenção é que a participação de Lula não fique restrita às capitais. A ideia é levar o ex-presidente a localidades do interior e destacar comunidades beneficiadas por políticas federais.

Lula também pretende ter uma agenda de viagens ao lado de Dilma, para afastar os rumores de que ele tentará voltar ao Palácio do Planalto.

Fonte: Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje