SAAE: Tribunal de Contas dos Municípios rejeita contas da gestão Caio Castro

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou as contas do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) do exercício de 2016, entre janeiro e outubro, período em que o administrador Caio de Castro Souza (foto) esteve na direção-geral da autarquia.

Caio assumiu a direção-geral do SAAE em agosto de 2015.

No voto do conselheiro Raimundo Moreira, relator das contas, estão registradas como motivações para a rejeição as ocorrências de contratação direta irregular (veja abaixo íntegra do voto), mediante dispensa de licitação e de processos licitatórios não encaminhados ao tribunal, que não seguiram as normas legais.

O conselheiro votou pela rejeição das contas de Castro e aprovação, com ressalvas, das contas de Euler da Cunha Fonseca, que administrou a autarquia entre 22 de outubro e 31 de dezembro de 2016.

A decisão é considerada mista, visto que rejeitou as contas de Caio e aprovou as de Euler, embora com ressalvas, em um mesmo exercício financeiro.

ÍNTEGRA DO CONTEÚDO DO VOTO

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje