Quem induziu o presidente da Câmara de Vereadores a errar na composição da Subcomissão Técnica?

O presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Mendes (PSB), precisa esclarecer publicamente os motivos que o levaram a assinar uma portaria para a composição da Subcomissão Técnica que avaliará os trabalhos a serem apresentados pelas agências de publicidade que disputarão a conta do legislativo municipal.

A lei é clara e a Subcomissão Técnica só pode ser formada por intermédio de chamamento público para profissionais de comunicação, publicidade e marketing.

Esta não é uma questão de somenos importância, porque ao arrepio da lei, os nove componentes da Subcomissão foram “nomeados”.

Informações que chegaram ao Alagoinhas Hoje indicam que o sorteio dos três membros, que de fato avaliarão os trabalhos, já foi realizado em surdina, sem transparência.

Outro fato grave: apenas uma componente da Subcomissão Técnica é jornalista e atende às exigências legais.

Os outros oito não têm como comprovar graduação em uma das três áreas.

Eles não podem participar do processo de avaliação dos trabalhos.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje